Archive for the ‘Vidas dos Santos’ Category

Santo Agostinho

January 24, 2009

Batizado como Aurélio Agostinho (Aurelius Augustinus, em latim), Santo Agostinho nasceu a 13 de novembro de 354, em Tagaste, na Numídia (atual Argélia), entre Cartago e Hipona. Patrício, homem pagão e de posses e Mônica, modelo de virtudes cristãs (canonizada mais tarde), foram seus pais. Aos 20 anos, em 374, concluiu os estudos iniciados em Tagaste e que foram continuados em Madauro e Cartago. Nesta última cidade, com apenas 17 anos, passou a viver com uma concubina que lhe gerou um filho, Adeodato. Estuda retórica e a leitura de Cícero o desperta para a filosofia, aderindo à seita dos maniqueus (defensores do maniqueismo), dos quais pouco tempo depois se afastaria. Em 383 estava em Roma e, dois anos após, em Milão ensinava retórica. Nesta cidade conheceu Santo Ambrósio, que era bispo e que o batizou. Agostinho estava, então, profundamente impressionado com o cristianismo e dedicado ao estudo dos filósofos neoplatônicos. Sua conversão ocorre em 386, voltado para o silêncio da vida ascética. Foi ordenado padre em Hipona, pequeno porto do Mediterrâneo, no ano de 391. Quatro anos mais tarde é sagrado bispo, tornando-se coadjutor dessa mesma cidade. Em 395 passa a ser o titular com a morte do bispo Valério. “Em sua vida e sua obra, Santo Agostinho testemunha acontecimentos decisivos da história universal, como o fim do Império Romano e da antigüidade clássica. O poderoso Estado que durante meio milênio dominara a Europa estava a esfacelar-se em lutas internas e sob o ataque dos bárbaros. Em 410 Santo Agostinho viu a invasão de Roma pelos visigodos e, pouco antes de morrer, presenciou o cerco de Hipona pelo rei dos vândalos, Genserico. Nesse clima, em que os cismas e as heresias eram das poucas coisas a prosperar, ele estudou, ensinou e escreveu suas obras” (1)
Santo Agostinho faleceu a 28 de Agosto de 430.
Suas obras mais importantes são: De Trinitate (Da Trindade) em 15 volumes (400): trata-se de uma sistematização da teologia e filosofia cristãs; De civitate Dei (Da cidade de Deus)(terminada em 426): nela são discutidas as questões do bem e do mal, da vida espiritual e material, assim como a teologia da história; Confessiones (Confissões) (397/398): é a sua autobiografia; existem, também, muitos outros trabalhos contra as heresias dos maniqueus, dos donatistas, dos priscilianistas, pelagianos e arianos, de catequese e de uso didático, além dos sermões e epístolas (algumas para São Jerônimo), nos quais interpreta com maestria as diversas passagens das Escrituras.
Bibliografia consultada:
(1) Nova Enciclopédia Barsa, Volume 01, 1997, páginas 143/144
Sto. Agostinho _ Cem Páginas. _ Seleção do Padre Moreira das Neves, Livraria Bertrand _ Lisboa, 1945

Pessoas Influentes Na Sua Vida

SUA FAMÍLIA Patrício – Pai, oficial
Sta.Mônica – Mãe, fervorosa cristã.
Navigio – Irmão, morreu jovem.
Perpétua – Irmã, religiosa dos primeiros mosteiros.
Melânia (?) – Mãe de seu filho Adeodato.
Adeodato – Seu filho, morreu jovem.

SEUS COMPANHEIROS E AMIGOS
Alipio – Conterrâneo e discípulo.
Evódio – Membro do grupo em Milão.
Severo – Membro da 1ª comunidade.
Possídio – Autor da 1ª biografia e erudito cristão.
Nebrídio – Discípulo de Agostinho na Itália.

SUAS MOTIVAÇÕES E INSPIRAÇÕES
Romaniano – Rico, amigo da família.
Cícero – Poeta latino e autor de O Hortêncio.
Fausto – Chefe supremo dos Maniqueus.
Santo Ambrósio – Bispo de Milão.
S. Jerônimo – Grande estudioso e erudito cristão.
Ponticiano – Empregado da Corte Imperial.
Mario Victorino – Filósofo do século IV.

OBRAS MAIS IMPORTANTES
As Confissões – Autobiografia.
A Cidade de Deus
A Trindade
Ensaios Filosóficos
Tratados Educacionais e Tratados Bíblicos
Sobre a Vida Religiosa, Dogmáticos e Apologéticos.

Lugares Mais Importantes Em Sua Vida

TAGASTE • cidade natal • início dos estudos • primeira experiência como professor de gramática • primeiro mosteiro agostiniano.

MADAURA • educação secundária.

CARTAGO • estudos superiores: artes liberais e retórica • primeira experiência como professor de retórica • sede de muitos concílios que participou como bispo • fundação de um mosteiro agostiniano.

ROMA • capital do Império Romano • cátedra de retórica • lugar de repouso depois da morte de sua mãe.

MILÃO • residência do Imperador • cátedra oficial de retórica no palácio imperial • lugar da sua conversão e batismo.

ÓSTIA TIBERINA • porto marítimo de Roma • êxtase • morte e sepultura de sua mãe.

CASSICÍACO • vila perto de Milão • lugar de retiro em companhia de seus amigos antes do batismo escreve vários tratados filosóficos em diálogo com seus amigos.

HIPONA • sede diocesana de Agostinho onde foi ordenado Sacerdote e depois Bispo. Fundou três mosteiros; onde morreu e foi sepultado.

Fonte: http://www.osa.org.br

Advertisements